Relatório de pesquisa

Com o objetivo de atender ao princípio da transparência do uso dos recursos públicos pelo Governo Federal, o CNPq disponibiliza os relatórios de pesquisa apoiados com recursos financeiros por meio de suas chamadas públicas.

Trata-se, por um lado, de uma prestação de contas à sociedade dos recursos envolvidos no desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação e, por outro, da divulgação dos resultados das pesquisas desenvolvidas pelos cientistas apoiados pelo CNPq.

Os resumos disponibilizados neste espaço foram redigidos pelos pesquisadores, por solicitação do CNPq, em uma linguagem cidadã, ou seja, em linguagem que possa ser entendida por aqueles que não são cientistas.

O texto contido nos resumos dos projetos é de inteira responsabilidade do pesquisador e envolve um esforço de popularizar a ciência para o público leigo.

A busca poderá ser realizada de várias formas e fica a critério do interessado utilizar palavra-chave, área do conhecimento, por título da pesquisa, por área do conhecimento, Unidade da Federação, nome do pesquisador, entre outras.

  • Coordenador: Rodrigo Pedro Pinto Soares
    Currículo
    Área:Protozoologia Parasitária Humana

    Período de 01/02/2018 a 31/05/2019

    A Leishmaniose é uma doença infecciosa considerada um problema de saúde pública atingindo principalmente os países em desenvolvimento, no Brasil foram registrados mais de 21 mil casos no ano de 2017. Não há vacina contra as leishmanioses humanas. As medidas mais utilizadas para o combate da enfermidade são o controle dos agentes transmissores, diagnóstico e tratamento dos doentes, manejo ambiental e educação em saúde. Com isso, pesquisar e entender como esse parasito obtém sucesso na infecção é muito importante na geração de conhecimento e para melhorar as políticas de saúde com relação ao diagnóstico precoce. Nós estudamos uma maneira que o parasito tem de ser ignorado pelas principais células de defesa do nosso organismo, conseguindo assim invadir e se multiplicar nessas células. Além disso nossa pesquisa básica contribuiu na identificação de moléculas que podem levar a determinação das formas clínicas da doença e sua gravidade e que poderão ser melhores investigados na definição de alvos de drogas ou determinação de abordagens vacinais.

    glicoconjugados interação parasito-hospedeiro Leishmania vescículas extracelulares
  • Coordenador: Regina Horta Duarte
    Currículo
    Área:História do Brasil República

    Período de 01/03/2016 a 31/05/2017

    Apesar da evidente importância dos animais para a humanidade, como alimento, força de trabalho, fonte de materiais, e de serem foco da atenção humana em filmes, zoológicos, e fotografias, na ciência, ou como animais de estimação, e no esporte, são poucos os estudos desenvolvidos no Brasil sobre o tema na área de história. Mesmo no exterior, somente a partir dos anos 1980 os historiadores se voltaram de forma mais consistente para o assunto, antes limitado ao estudo dos bestiários e dos animais fantásticos do período medieval. No caso da América do Sul os historiadores ambientais têm buscado adentrar esse campo quase inexplorado. No Brasil são muitas as possibilidades de estudos históricos sobre o tema, de modo que esta pesquisa, financiada pelo CNPq, pode ajudar a abrir uma área repleta de possibilidades investigativas. Já em 1930, existiam entidades civis com papel ativo na defesa dos bichos, no Rio de Janeiro e São Paulo, promovendo socorro aos animais abandonados, denunciando casos de maus tratos, sensibilizando cientistas contra a prática da vivissecção e mantendo até mesmo hospital veterinário e cemitério. A Sociedade União Infantil Protetora dos Animais e pela União Internacional Protetora dos Animais de São Paulo publicavam as revistas o Amigo dos animais e o Zoophilo Paulista, que hoje são raridade nos arquivos. Porém, apesar de tais associações terem desenvolvido um trabalho importante e conhecido à época, sua existência, nos dias de hoje, é quase desconhecida. Acreditamos, ainda, que esta pesquisa está em consonância com os anseios do tempo presente, já que na sociedade brasileira tem crescido o número de interessados na defesa animal, efeito e causa do número impressionante de animais de estimação existentes nos lares brasileiros. A História, particularmente a História Ambiental, não pode ficar alheia a tal fenômeno, que vem suscitando tensões e debates entre ativistas, cientistas, educadores, filósofos, antropólogos, e biólogos, entre outros.

    História e natureza Era Vargas proteção animal
  • Coordenador: Angela Foerster
    Currículo
    Área:Teoria Geral de Partículas e Campos

    Período de 01/11/2016 a 31/10/2017

    "A coisa mais incompreensível sobre o mundo é que ele é compreensível", dizia Einstein. De fato, é surpreendente que diferentes eventos naturais possam ser entendidos a partir de um conjunto simples e elegante de leis fundamentais. Em grande parte, o trabalho do físico consiste em descobrir e entender estas leis básicas e investigar seus desdobramentos no mundo natural. Para tanto, o cientista constrói modelos matemáticos que capturam os aspectos mais importantes dos fenômenos considerados. Estes modelos são, em geral, dados na forma de conjuntos de equações. De maneira informal, chamamos de integráveis aqueles modelos cujas equações podem ser resolvidas analiticamente. Os modelos integráveis são muito importantes porque são raros e oferecem oportunidade única para uma compreensão profunda, precisa e simplificada dos fenômenos físicos.Os modelos integráveis estão presentes em todas as áreas da física. Em anos recentes, a área de gases quânticos ultrafrios tem sido palco de intensa produção científica. O desenvolvimento tecnológico ocorrido nos últimos trinta anos tornou possível a produção de gases de átomos à temperaturas muito próximas do zero absoluto, a menor temperatura possível na natureza. Variados fenômenos quânticos importantes podem ser investigados sob tais condições extremas, e a compreensão destes fenômenos é muito importante no desenvolvimento de tecnologias avançadas como a computação quântica. Naturalmente, o estudo de modelos integráveis de sistemas quânticos ultrafrios abre as portas para o melhor entendimento desses fenômenos exóticos.

    sistemas integráveis modelos exatamente solúveis álgebras integrabilidade
  • Estatinas como coadjuvantes nos tratamentos da doença de Chagas e leishmanioses

    Coordenador: Sérgio de Albuquerque
    Currículo
    Área:Garantia e controle de qualidade farmacêuticos

    Período de 14/12/2011 a 13/12/2013

    O presente projeto buscou avaliar a atividade de estatinas, medicamentos comumente utilizados no tratamento da redução dos níveis de colesterol, sobre os protozoários responsáveis pela determinação da doença de Chagas, Trypanosoma cruzi, e algumas formas de leishmaniose tegumentar, Leishmania major e Leishmania braziliensis. Pelos resultados observados, verificamos o potencial de algumas estatinas em reduzir o número de parasitas em sistemas de cultivo artificial, em ambos os grupos de protozoários. Nas infecções in vivo, realizadas utilizando o camundongo como modelo experimental, verificamos que para a infecção determinada pelo Trypanosoma cruzi houve uma redução significativa em relação ao medicamento de referência ao tratamento, o benzonidazol, em níveis de 40 a 60% do parasitismo. Situação semelhante foi observada quando foram avaliadas as associações de algumas das estatinas com o benzonidazol, onde foi observada efeitos de redução de parasitismo para uma proporção de 87,5% da estatina para 12,5% do benzonidazol. O conjunto dos resultados apresentados nos leva a acreditar no potencial terapêutico dessa classe de substâncias para auxiliarem o tratamento da doença de Chagas, sendo que esses resultados, embora preliminares, abrem a possibilidade de efetuarmos uma investigação mais efetiva desse potencial, a fim de ajustarmos a dose, verificarmos melhorias das formas farmacêuticas a serem empregadas, para que possamos propor, em um futuro a utilização das estatinas como coadjuvantes do tratamento da doença de Chagas.

    Leishmania amazonensis avaliação biológica estatinas Leishmania chagasi Trypanosoma cruzi
  • Suportes da Educação Especial para o processo de escolarização de crianças com necessidades educacionais especiais

    Coordenador: Jáima Pinheiro de Oliveira
    Currículo
    Área:Educação Especial

    Período de 26/11/2014 a 30/11/2017

    Este estudo teve como objetivo principal identificar formas e materiais que têm sido utilizados como apoio para os processos de escolarização e de alfabetização de crianças com deficiência. Os resultados principais encontrados indicaram a existência de uma grande quantidade de materiais voltados para a área de tecnologia em Educação Especial. Em razão dessa característica tecnológica, as crianças com deficiência física, visual e com surdez acabam se beneficiado mais dessa produção. Ao contrário disso, aquelas com diagnóstico de deficiência intelectual, por exemplo, possuem poucos materiais que fornecem suporte para o seu processo de escolarização e de alfabetização. Nos resultados específicos de nossa proposta foram destacadas publicações com resultados satisfatórios referentes ao uso de materiais para trabalhar com essas crianças. Além disso, foram destacados resultados satisfatórios também com o uso de materiais com crianças autistas e com baixa visão. Esses materiais foram produzidos pela equipe do projeto e precisaram de adaptações com uso de baixa tecnologia. Essas adaptações geraram estudos de muita importância para as práticas pedagógicas voltadas para o processo de inclusão. A maioria desses materiais produzidos encontra-se disponível em laboratório (LADI/FFC/UNESP/Marília/SP). Além disso, destacamos o benefício do projeto em relação à formação de alunos de cursos de graduação, especialização e mestrado. Por fim, a participação efetiva de professores da Educação Básica, ao longo das coletas de dados, proporcionou momentos de formação em seu próprio local de trabalho. Com estes resultados, esperamos dar continuidade ao desenvolvimento de recursos de alta/baixa tecnologia para auxiliar no desempenho escolar e no processo de inclusão de crianças com deficiência, autistas e com altas habilidades.

    Alfabetização Escolares com necessidades educacionais especiais Educação Especial
  • ESTUDO DO PROCESSO DE HIDRÓLISE ENZIMÁTICA DAS PROTEÍNAS DO OKARA

    Coordenador: Louise Emy Kurozawa
    Currículo
    Área:Tecnologia de Alimentos

    Período de 30/10/2013 a 31/10/2016

    Na elaboração do extrato de soja, ocorre formação de um resíduo denominado okara. Para cada quilo de soja, cerca de um quilo deste resíduo é gerado. Entretanto, apesar do okara ser rico em proteínas e isoflavonas, substâncias importantes para a dieta humana, é pouco utilizado como alimento ou sub-utilizado como ração animal ou descartado. Desta forma, há um grande desperdício de substâncias nutritivas que poderiam ser aproveitadas na alimentação humana. A obtenção de novos produtos a partir deste resíduo da indústria de soja pode representar uma alternativa para este setor do ponto de vista social, econômico e ambiental. Este projeto teve como objetivo estudar as diferentes formas de aproveitamento do okara. Inicialmente, foram estudados dois processos alternativos, visando aumentar o rendimento de extração das proteínas para posterior obtenção de concentrados proteicos: com o uso de enzimas e de ultrassom. Como resultado, observou-se um aumento significativo no rendimento do processo. A obtenção de concentrados proteicos a partir de novas fontes torna-se interessante, uma vez que tal produto é utilizado amplamente como ingrediente pela indústria de alimentos. Também foi estudado o processo de hidrólise enzimática das proteínas do okara para obtenção de hidrolisados proteicos. Estes apresentaram elevada atividade antioxidante e conteúdo das isoflavonas agliconas em relação à amostra não-hidrolisada. Assim, esta etapa demonstrou que os hidrolisados possuem potencial para serem incorporados em produtos alimentícios, visando o enriquecimento nutricional e o aumento da estabilidade à oxidação do alimento. Também foi estudada a secagem do okara para obtenção de uma farinha, uma vez que ele é extremamente perecível. A temperatura de 50°C foi a mais adequada por apresentar maior retenção de isoflavonas, substâncias que possuem atividades biológicas, tais como: atividades estrogênicas e antioxidante; ação antitumoral; prevenção de doenças cardiovasculares e osteoporose.

    peptídeos bioativos okara hidrólise enzimática planejamento experimental
  • CARACTERIZAÇÃO DE RNAm e microRNA EM MICROVESICULAS DE PACIENTES COM PÊNFIGO FOLIÁCEO POR SEQUENCIAMENTO DE PRÓXIMA GERAÇÃO

    Coordenador: Danielle Malheiros Ferreira
    Currículo
    Área:Genética Humana e Médica

    Período de 19/11/2014 a 30/11/2017

    A análise do conteúdo de vesículas extracelulares, que são vesículas liberadas por todos os tipos celulares, representa um importante avanço na pesquisa biomédica por fornecer informações mais globais, abrangentes e de maior poder de resolução para a identificação de marcadores de doenças complexas. A identificação de marcadores pode auxiliar no diagnóstico cada vez mais precoce das doenças, permitindo com que a mesma possa ser tratada o mais rápido possível. Além disso, estes tipos de estudo nos permitem compreender mais sobre as bases moleculares das doenças. Só a partir desse conhecimento podemos traçar melhores estratégias de tratamento e de prognóstico.O pênfigo foliáceo, popularmente conhecido como ?fogo selvagem? é uma doença autoimune que leva à formação de bolhas na pele. No Brasil encontramos a maior incidência mundial da doença. A constatação de que vesículas extracelulares (exossomos) são secretadas por células diferentes tipos celulares, estão presentes na circulação e têm potencial de modular o sistema imune tem despertado o interesse da comunidade científica. Podemos, nós fizemos uma análise geral das vesículas extracelulares dos pacientes com pênfigo. Encontramos dois marcadores que podem ter função na progressão da doença, ou seja, podem ser indicadores de que determinados indivíduos podem vir a desenvolver doença mais grave.

    sequenciamento de próxima geração miRNA RNA-Seq. microvesículas pênfigo transcriptoma
  • Viabilidade e produção de metabólitos por Lactobacillus spp.: Efeito de frutooligossacarídeos

    Coordenador: Ana Lúcia Barretto Penna
    Currículo
    Área:Microbiologia de Alimentos

    Período de 01/06/2017 a 31/05/2020

    Este projeto buscou avaliar as características de subprodutos de frutas (goiaba, laranja e maracujá), assim como avaliar o efeito desses subprodutos no desenvolvimento de Lactobacillus sp. Estes micro-organismos são tradicionalmente utilizados na produção de alimentos fermentados probióticos, ou seja, aqueles que apresentam efeitos benéficos à saúde. No desenvolvimento de alimentos, a combinação de subprodutos de frutas e Lactobacillus probióticos pode resultar em alimentos saudáveis, nutritivos e inovadores.

    Lactobacillus alimentos funcionais prebióticos
  • Caracterização dos compartimentos de células-tronco hematopoiéticas, mesenquimais, endoteliais e cardíacas em pacientes com doenças cardiovasculares.

    Coordenador: Nance Beyer Nardi
    Currículo
    Área:Genética Humana e Médica

    Período de 10/12/2009 a 09/06/2012

    A terapia celular tem se mostrado promissora para o tratamento de doenças cardiovasculares. As células-tronco, que são células indiferenciadas e capazes de originar outras células maduras, estão presentes em vários tecidos e órgãos do indivíduo. As células-tronco obtidas da medula óssea têm mostrado potencial na recuperação funcional de pacientes com cardiopatias, e ensaios clínicos confirmam que esta terapia é segura e tem efeitos benéficos. Entretanto, os resultados de modo geral têm sido mais limitados que o esperado, e estudos têm demonstrado que a idade e fatores de risco para doenças cardiovasculares afetam a atividade funcional das células-tronco e progenitoras, limitando seu potencial terapêutico. O presente estudo investiga, pela primeira vez, três tipos de células-tronco presentes na medula óssea, confirmando a limitação destas células quando obtidas de pacientes mais idosos e afetados por doenças cardiovasculares. Assim, estes resultados sugerem que células de doadores mais jovens e saudáveis devem ser utilizadas na terapia celular, o que exige outros estudos para estabelecimento da segurança e eficiência do procedimento.

    doenças cardiovasculares terapia celular células-tronco
  • Suicídio e Trabalho no Rio Grande do Sul

    Coordenador: Jussara Maria Rosa Mendes
    Currículo
    Área:Serviço Social da Saúde

    Período de 27/12/2011 a 26/08/2014

    A presente pesquisa caracteriza-se como uma pesquisa quanti-qualitativa (mista), longitudinal por triangulação múltipla de métodos, voltada à compreensão do suicídio no Rio Grande do Sul na sua articulação com a questão concernente ao trabalho rural. Neste sentido questionou-se: a predominância de altas taxas de suicídio no estado (RS) podem representar a degradação da organização do trabalho rural contemporâneo? Os dados foram coletados junto ao Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde do Brasil (SIM/DATASUS), por meio dos Inquéritos Policiais abertos por ocasião da morte por suicídio e, por fim, por meio da necropsia verbal. Para a análise dos dados foi utilizada a estatística descritiva, através da análise de distribuição de frequência, a hermenêutica-dialética e a história de vida. O avanço dos modelos de desenvolvimento econômico e a incitação econômica a que os pequenos agricultores foram expostos nos últimos anos têm se refletido sobre seus modos de vida e acabam, não raras vezes, produzindo o suicídio ou produzindo sociopatologias cuja procedência encontra-se no cerne do próprio avanço capitalista no meio rural. Como conclusão tem-se que o processo de avanço capitalista, potencializado pelas indústrias que adentram no campo, traz novas formas de trabalho que, pouco a pouco, vão descaracterizando o campo como local agrícola, vinculado à produção de alimentos, assalariando e precarizando as relações de trabalho. Assim, acabam também produzindo a depressão e o suicídio como sua manifestação mais pujante. Tais suicídios têm marcado a vida rural, expressando, de maneira indelével, que o meio rural tem se tornado deletério, espaço propício à instalação da autodestruição.

    Trabalho Saúde Suicício
  • Mostrando 1 - 10 de 59578 resultado(s).
  • Página: 
  • Primeiro 
  • Anterior 
  • Próximo 
  • Último